+ Isa Land: Amar

Isa Land

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta." (Chico Xavier)

A minha fotografia
Nome:
Localização: lisboa, Portugal

Uma mulher com muitas virtudes e alguns defeitos. Bem disposta por natureza... mas se me irritam muito... saiam debaixo. Vou aonde o coração me levar... Sou sportinguista... Enfim boa pessoa!!!

quinta-feira, maio 11, 2006

Amar


Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

Florbela Espanca

3 Comments:

Anonymous NaLua said...

Bonito estes versos. Bjinhos NaLua

sexta mai 12, 09:06:00 da manhã  
Blogger Alexandra said...

Muito muito lindo este poema!!! Adorei!!! Apetece-me comentar mas nem sei bem o q dizer... o poema diz tudo...!

sexta mai 12, 12:57:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Queria, eu, amar-te assim perdidamente...

sexta mai 12, 06:50:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home