+ Isa Land: Poema

Isa Land

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta." (Chico Xavier)

A minha fotografia
Nome:
Localização: lisboa, Portugal

Uma mulher com muitas virtudes e alguns defeitos. Bem disposta por natureza... mas se me irritam muito... saiam debaixo. Vou aonde o coração me levar... Sou sportinguista... Enfim boa pessoa!!!

quinta-feira, abril 20, 2006

Poema

A mão silenciosa escreve
palavras grávidas de sonhos
Letras perfumadas de sorrisos
com sabor de âmbar
O coração apaixonado
tem sede de poetar
Quer espalhar ternuras
e sair a cantar
Na calçada das ilusões bailar
Cirandar com os versos e as rimas
e o barco do destino guiar
Quer a lua namorar
e com a poesia brincar
Quer deixar a alma em letargia
Acreditar nas fantasias
e no poder do verbo amar
Para o mundo gritar
que o tempo é de sonhar
Com as estrelas se banhar
e a vida iluminar
Beber no cálice das utopias
e levitar
Nos braços do seu amado ficar
O paraíso encontrar
No berço da felicidade
seus desejos extasiar
Zena Maciel